Home / Pelo Mundo / Destinos / América / Peru / Surpreendente Peru: o tesouro escondido da América Latina

Surpreendente Peru: o tesouro escondido da América Latina

Olá! Meu nome é Lorena Stephanie Santos e TÔ AQUI em Lima, no Peru realizando meu intercâmbio social na área de Administração e Comunicação através da AIESEC FORTALEZA.

Casa de la Literatura Peruana, Lima
Casa de la Literatura Peruana, Lima

 A decisão e o projeto

Meu primeiro intercâmbio social foi aos 18 anos pela AIESEC Fortaleza para um destino incrivelmente exótico, a Índia. Desde então, tive a oportunidade de conhecer países igualmente distintos do nosso Brasil, como Rússia e Taiwan por exemplo.

Realmente o diferente me fascina: conhecer novos costumes, culinária e destinos bem diversos do nosso cotidiano. E eu sabia que poderia encontrar isso na América Latina, sem precisar cruzar oceanos e gastar tanto. Então, ao buscar pelo meu segundo destino, estava determinada a encontrar um Projeto Social que fosse em um país da América Latina e que pudesse me oferecer tudo isso, e foi então que eu descobri o Peru.

Em janeiro de 2015 cheguei em Lima, capital do Peru, com o objetivo de realizar um trabalho com uma ONG, que se chama Educar Sembrando e visa melhorar a qualidade da Educação em zonas rurais do Peru, para que mais crianças tenham a oportunidade de ingressar na universidade. Foi um trabalho lindíssimo, pois me deu a possibilidade de conhecer o país, não somente através dos olhos de um turista, mas também através dos olhos de um nativo.

Visita a Comunidades Rurais próximas a Chiclayo
Visita a Comunidades Rurais próximas a Chiclayo

Geografia, Cultura e Gastronomia

O Peru foi um país que me surpreendeu em diferentes aspectos, desde as pessoas extremamente acolhedoras, que valorizam muito estar em família; até um trânsito louco, que as vezes me lembra a Índia. Porém, gostaria de comentar sobre três pontos que me chamaram especialmente a atenção: geografia, cultura e gastronomia.

O Peru está situado na parte ocidental da América Latina e conta com uma multiplicidade de paisagens que é incrível, nas quais poderíamos dividir em grandes regiões, onde encontramos costa, selva e serra. Ou seja, conseguimos ter praias banhadas pelo Oceano Pacífico, desertos em planícies, floresta amazônica e os nevados dos Andes no mesmo país. Esse é com certeza um dos motivos para o Peru ter se tornado um excelente destino para viajantes, aventureiros e mochileiros.

Como uma boa viajante, tive a oportunidade de conhecer algumas cidades e sempre me fascinava com essa riqueza natural do Peru. Em Huaraz conheci o Nevado Pastoruri, onde peguei muita neve, e já no dia seguinte estava em Trujillo, onde há muito sol e praia, assim como em Chiclayo e Piura. Além de ter conhecido a região lindíssima de serra de Cusco e depois partir para o clima quente e úmido de selva em Aguas Calientes.

Quanto a cultura peruana há muito para conhecer, afinal é uma cultura milenar, que juntou diferentes povos, e suas tradições aparecem até hoje no cotidiano popular. Existe uma infinidade de parques arqueológicos espalhados pelo país, mesmo nos lugares mais inusitados possíveis, como é o caso do Museo de Sitio Huaca Pucllana, que é uma ruína pré-inca rodeada por prédios em Miraflores, Lima.

Durante o tempo em que estive no Peru, morei na cosmopolita e contrastante Lima, que é um centro cultural riquíssimo, ousaria dizer que é até mesmo para a América Latina. Lima dispõe de uma vasta quantidade de museus, exposições e parques, o que torna a cidade um excelente destino para quem se interessa por arte e cultura.

Minha recomendação para quem deseja conhecer o país, é a de que os viajantes explorem muito mais do que Machu Picchu, que com certeza é uma das maravilhas do país e do mundo, pois há muito mais para conhecer sobre culturas pré-inca, como é o caso da Civilização Mochicas, com diversos museus e sítios arqueológicos ao norte do Peru.

Em relação a gastronomia, a Peruana é com certeza uma das melhores do mundo, não só pelos temperos deliciosos como o molho de aji ou huancaina, mas também porque as pessoas apreciam muito a comida e as refeições, assim como também sabem cozinhar. Homens, mulheres, adolescentes, todos sabem cozinhar, nem que sejam receitas simples.

Mesmo para mim, que sou vegetariana, a variedade de comidas ainda é muito grande. O Peru tem inúmeros tipos de batatas, que fizeram a minha felicidade. Quanto aos pratos típicos, há o ceviche, que é um prato a base de peixe, e o cuy, um pratos mais exótico, que na verdade é um porquinho da índia que eles fazem com molho ou assado.

O acompanhamento mais tradicional com certeza é a chica morada, uma bebida doce feita a partir de um milho roxo, típico dos Andes Peruanos, e a bebida alcoólica tradicional é o Pisco, com o qual se pode fazer Pisco Sour. Ah! Eu não poderia deixar falar do refrigerante típico do Peru, que se chama Inca Kola.

O Peru foi um país que me encantou e recomendo para todos que querem ter uma experiência cultural muito completa, além de aprender um espanhol muito claro. Também foi um excelente destino para conhecer as similaridades e as diferenças que podemos ter dentro da nossa América Latina. Soy América Latina, un pueblo sin piernas, pero que camina.

A AIESEC Lima

Fiz meu intercâmbio para a AIESEC na Universidade de Lima e foi uma experiência realmente muito boa! Eles foram muito atenciosos desde o começo, tivemos reuniões com todo o comitê e tínhamos uma equipe responsável pelo nosso projeto, que nos deu suporte durante a experiência.

Intercambistas e equipe de suporte da AIESEC na Universidade de Lima
Intercambistas e equipe de suporte da AIESEC na Universidade de Lima

Por Lorena Stephanie Santos

Lorena Stephanie Santos foi selecionada para trabalhar como Diretora de Gestão de Talentos pela AIESEC no Brasil 2015.1016. Entrou na AIESEC em Fortaleza em 2012, quando fez o seu primeiro intercâmbio social para Índia. Foi Diretora de Desenvolvimento de Aprendizagem no ano de 2013 e Presidente no ano de 2014, ao final do termo realizou um outro intercâmbio social para o Peru. Trabalhou em diversas ONGs com temas como Direitos Humanos, Mídia e Educação. É graduanda em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará.

Sobre Aqui é Assim

Check Also

Carol e dona Quininha

Portugal e a experiência social que me fez crescer e respeitar ainda mais os idosos

Olá, meu nome é Caroline Cabral, e voltei de Taipas, em Portugal, onde realizei meu …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *