Home / Quem Somos

Quem Somos

Kuala Lumpur - Malaysia
Kuala Lumpur – Malaysia

 

Meu nome é Juliana Paul Mostardeiro, tenho 32 anos, sou gaúcha, nascida na cidade de Restinga Seca, terra do artista Iberê Camargo. Sou Jornalista graduada pela Universidade Federal de Santa Maria, Especialista em Gestão de Pessoas pela Universidade Anhanguera e Fundadora do Aqui é Assim.

O blog Aqui é Assim nasceu do sonho de compartilhar com outras pessoas as minhas experiências durante um intercâmbio na Ásia. Um sonho que começou bem pequeno, cresceu e apresenta agora uma nova plataforma, muito mais interativa e informativa, para contar sobre a fantástica experiência de realizar um intercâmbio, de viajar, de mochilar e de descobrir o mundo sob um olhar diferente.

Mas para que esse sonho se tornasse realidade foram muitos os desafios, muitas as escolhas, muitas as mudanças. E o que vou compartilhar agora é só um pouco do que me levou a chegar até aqui.

Quando tinha vinte e dois, vinte e três anos, eu acreditava profundamente que deveria correr atrás do emprego dos sonhos, de um ótimo salário, de uma carreira promissora, de status, etc. Recém formada, pensando em crescer rapidamente em uma grande empresa, pois acreditava que tinha as características dos tais “talentos” tão procurados pelas consultorias, investi dois anos da minha vida nos programas de Trainees, pensando que naquele momento o mais importante era o foco total na carreira. Afinal, aos 25 anos, com o diploma na mão, é hora de garantir o futuro, certo?

Para a grande maioria sim, e a vaga de Trainee foi garantida com muito suor, seguida de outros 3 anos de muita dedicação. Mas quando eu cheguei lá, na tão almejada posição profissional (jovem, bem sucedida antes dos trinta anos, com o salário dos sonhos, …), os questionamentos aumentaram e a insatisfação passou a bater insistentemente em minha porta.

Percebi então que não estava feliz e que o foco da vida não deveria ser somente o profissional e as coisas materiais que ele possibilita: o carro do ano, a mobília da casa, àquela conta bancária, etc. Percebi que o importante mesmo na vida é ter equilíbrio.

Que o importante mesmo, é ter as pessoas que você ama a sua volta, pessoas que gostam de você do jeito maluco que você é. Pessoas que incentivam você a buscar os seus sonhos e apoiam suas decisões, mesmo não concordando com elas. É ver que as amizades antigas continuam iguais, mas que o mundo está cheio de pessoas interessantes e que você não deve se fechar e deixar de conhecê-las. É perceber que a casa dos seus pais ainda é o lugar mais gostoso para se estar, mas que também é gostoso sair da zona de conforto e viajar, explorar, entregar-se, desafiar-se, conhecer-se. É estar aberta a descobrir o outro, a vivenciar novas experiências e a explorar o que o mundo tem a lhe oferecer.

Então, certo dia, o rumo da minha vida mudou. Olhei para o passado, pensei bem, e decidi realizar um sonho antigo: o de aventurar-me pelo mundo.

E por que mudar?

Dia desses li um artigo do Sylvio Ribeiro sobre Como ser alguém incrivelmente mediano que trazia tal citação: “Evite frustrações, grandes desafios, medo de se arriscar e do novo”.

É por ser assim que encaro as frustrações, não tenho medo de arriscar, de inovar, de insistir, de largar tudo, de mudar e de recomeçar. Não tenho medo, tenho frio na barriga. Não gosto de mais do mesmo, nem de rotina, nem de vidinha.

Amo estar em movimento, amo viajar, amo descobrir.

Sou movida pelo novo. Gosto de me sentir viva. Vida! Porque aventurar-se é a melhor sensação do mundo.

Mediana jamais. Mediana jamais…

… e por isso mudei!

Por Juliana Paul Mostardeiro

One comment

  1. Juliana gostei muito da sus apresentação pessosal! 🙂
    …venha conhecer nossa Ubatuba!
    https://youtu.be/1_YzcqXeSrc

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *