Home / Planeje sua viagem / Primeiros Passos / Dinheiro / Qual a forma mais segura de levar dinheiro para o exterior?

Qual a forma mais segura de levar dinheiro para o exterior?

Cartões: a forma mais segura de levar dinheiro para o exterior
Cartões: a forma mais segura de levar dinheiro para o exterior

Algumas das perguntas que todo viajante tem em mente quando o assunto é dinheiro são: qual a maneira mais segura de levar dinheiro para o exterior? Como funciona? Quais são as taxas mais baratas?

O Aqui é Assim te ajuda com este post a entender as vantagens e desvantagens de cada opção.

A forma mais segura hoje de levar dinheiro para o exterior é através de cartão de débito e/ou crédito ou cartões pré-pagos como o Visa Travel Money (VTM). Recomendamos levar no máximo $ 200 em dinheiro para eventuais necessidades, caso não haja caixa eletrônico por perto.

Mas qual a diferença entre o cartão de débito e crédito internacional, e os cartões pré-pagos? Até o final de 2013 o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) sobre os cartões pré-pagos era de apenas 0,38%, enquanto dos cartões de débito e/ou crédito era de 6,38%. Mas isso mudou. A diferença não existe mais e as taxas de IOF cobradas hoje são as mesmas, tanto para cartões de débito/crédito, quanto para os cartões pré-pagos.

Ok? Então, quais são as diferenças entre optar por cartão de débito e/ou crédito ou cartão pré-pago? A comodidade, o tempo de operação e o controle maior sobre os gastos.

Mas vamos entender a diferença um a um:

Cartões de Débito: alguns bancos já oferecem a opção de débito internacional aos seus clientes. Basta conversar com seu gerente e solicitar o serviço. Você pode usar o cartão na função de saque, e o mesmo funciona exatamente como se você estivesse no Brasil, ou seja, ao usá-lo o valor é debitado automaticamente da sua conta bancária.

  • Vantagem: comodidade
  • Tempo para liberação de uso: na hora
  • Taxa de IOF: 6,38%
  • Atenção: cuidar o câmbio do dia

Cartões de Crédito: outra forma muito usada mas que requer atenção. Antes de fazer a sua viagem internacional é necessário ligar para a central do seu cartão, informar o país destino e o tempo de viagem. Por questões de segurança, estas informações precisam ser atualizadas a cada 90 dias, ou seu cartão será bloqueado. Logo, se você decidiu ficar mais tempo no exterior ou alterou seu destino, ligue para a operadora do seu cartão de crédito para evitar dor de cabeça. As centrais funcionam 24h.

Alguns bancos já oferecem a opção desse cadastramento através do Internet Banking, oferecendo ao cliente inclusive a opção de marcar vários países e as datas de viagem para cada um, bem como a alteração do destino e do tempo de viagem em caso de mudança durante a trip. Para a alteração on-line é necessário que a mesma seja realizada com 24h de antecedência, evitando assim o bloqueio do cartão.

  • Vantagem: comodidade
  • Desvantagens: informar sobre a mudança de destino e alteração de permanência em um país para não ter o cartão bloqueado, perda do controle sobre os gastos mensais, gastos convertidos de acordo com o câmbio do dia do fechamento da fatura
  • Tempo para liberação de uso: na hora
  • Taxa de IOF: 6,38%
  • Atenção: os gastos totais serão convertidos de acordo com o câmbio do dia do fechamento da fatura

Cartões Pré-pagos: até o ano passado era a forma mais barata de levar dinheiro para o exterior, mas com a alteração do IOF, os cartões pré-pagos tornaram-se mais burocráticos para os viajantes. A dica é cuidar o câmbio e fazer uma carga antes de sair do Brasil.

A primeira opção é carregar seu cartão pré-pago através de uma transferência on-line da sua conta bancária para a conta bancária do banco que faz a carga. O prazo para a operação é de 48 horas úteis e deve-se levar em consideração o fuso horário do seu banco. As agências de turismo costumam prestar este tipo de serviço quando você opta por adquirir pacotes de viagem com as mesmas.

A segunda opção é adquirir o cartão pré-pago junto ao seu banco. O Banco do Brasil, por exemplo, oferece este tipo de serviço aos seus correntistas. A transação é feita na hora, mas além da taxa de IOF, é cobrado R$ 40,00 por transação realizada. Consulte se o seu banco oferece este serviço e quais são as condições.

  • Vantagem: controle maior do dinheiro já que a carga do cartão é de um valor X
  • Desvantagem: prazo para carga e a segurança do cartão menor visto que alguns não possuem chip
  • Tempo para liberação de uso: até 48h
  • Taxa de IOF: 6,38%
  • Taxa por saque: 2,50 $ ou 2,50
  • Taxa de transação: varia de banco para banco
  • Atenção: cuidar o câmbio do dia e evitar grandes depósitos.
Os cartões pré-pagos tornaram-se mais burocráticos e menos cômodos para os viajantes
Os cartões pré-pagos tornaram-se mais burocráticos e menos cômodos para os viajantes

Clique para saber como realizar transferências internacionais.

Dúvidas? Sugestões?

Deixe seu comentário ou envie um e-mail para a gente através de contato@aquieassim.com.br

Por Juliana Paul Mostardeiro

Cotação

Sobre Aqui é Assim

Check Also

Cuidados com a pele

Atenção viajante: como cuidar da pele em ambientes quentes e frios

Sabemos que a temperatura influencia o estado da nossa pele, certo? E quando estamos viajando …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *